7 perguntas a fazer para um provedor de hospedagem confiável na web
Tecnologia

7 perguntas a fazer para um provedor de hospedagem confiável na web

A hospedagem na web é o mecanismo de sua presença online. Hospedagem não confiável pode prejudicar seu negócio. Você tem uma chance de impressionar um cliente em potencial e, se seu site estiver off-line, é provável que você não o reconquiste. Antes de trabalhar com qualquer provedor de hospedagem na web, você deve fazer estas perguntas-chave.

1. E os planos de preços?

É importante tirar isso do caminho agora. O fato é que a precificação é importante para muitas empresas. Eles precisam saber que estão fazendo um bom negócio, mas isso nunca deve acontecer às custas de sua presença online. É sempre melhor pagar mais por um provedor de hospedagem na web confiável.

Como afirma o CEO Tony Messer da PickaWeb: “Hoje em dia você está repleto de opções e os custos de hospedagem se tornaram quase irrelevantes para a maioria das empresas.”

Isso revela uma lição importante. Alguns dólares economizados realmente farão mais diferença para sua empresa do que um site que está em funcionamento o tempo todo?

2. Qual é a sua taxa de tempo de atividade?

O tempo de atividade é a frequência com que os serviços de uma hospedagem na web estão ativos e em execução. É o indicador de desempenho mais básico para confiabilidade. É por isso que você normalmente verá provedores de hospedagem na web se gabando de suas taxas de tempo de atividade. Você deve aceitar pelo menos uma taxa de tempo de atividade de 99,9%. Qualquer coisa menos do que isso é um problema esperando para acontecer.

3. Quando as atualizações acontecem?

Muitos hosts da web farão atualizações no meio da noite para limitar a interrupção quando os sites tiverem que ficar offline. Mas atualmente, apenas uma catástrofe garante isso. A grande maioria das atualizações pode ser realizada nos bastidores, sem a necessidade de qualquer tempo de inatividade.

Qualquer atualização que aconteça deve acontecer em segundo plano ou, pelo menos, em um momento de interrupção. A maioria dos hosts da web tem políticas públicas sobre isso, então suas equipes de atendimento ao cliente devem ser capazes de responder a essa pergunta.

4. Qual é a configuração da infraestrutura física do host da web?

É fácil esquecer que a hospedagem na web depende inteiramente de hardware físico. Como qualquer coisa, o hardware físico está sempre sob ameaças de adulteração, cortes de energia e desastres naturais. Pergunte ao seu host da web como eles lidam com possíveis problemas como este e não aceite uma resposta sem sentido como “isso nunca aconteceria”.

A configuração perfeita para um host da web é ter vários data centers em uma ampla área geográfica. Alguns hosts globais da web até têm centros de dados em diferentes nações. Caso um data center seja colocado fora de ação por qualquer motivo, outro sistema entra em ação e não há tempo de inatividade.

5. Eles possuem a infraestrutura?

Isso é crucial. Às vezes, você está lidando com um provedor de hospedagem na web que não tem nada a ver com a hospedagem na web em si. Eles são apenas vendedores trabalhando em nome de outra empresa atuando nos bastidores. Fique longe de qualquer empresa que não seja responsável por sua própria infraestrutura.

Não haverá responsabilidade caso algo dê errado se você não estiver lidando com a organização que administra a infraestrutura.

6 Como eles lidam com a segurança cibernética?

O motivo mais comum para o tempo de inatividade é ser hackeado. Um único hacker pode destruir meses, até anos de trabalho duro em questão de minutos. Você tem a responsabilidade de garantir que isso não aconteça. Seu provedor de hospedagem na web também tem a obrigação de garantir que nenhum atacante cibernético entre no seu site através do cPanel.

Pergunte ao provedor de hospedagem na web o que ele faz para deter os atacantes cibernéticos. Um sinal de que um provedor de hospedagem na web não está levando a segurança cibernética a sério é que seu site ainda tem 'http' na frente em vez de 'https'. Você também deve perguntar com que frequência eles realizam atualizações de segurança e como afetam o tempo de atividade de seu site.

É improvável que você descubra alguma coisa; no entanto, você deseja ouvir diretamente do provedor de hospedagem. Faça algumas pesquisas e leia as avaliações de um provedor de hospedagem na web específico. Se eles tiverem problemas com segurança cibernética, não demorará muito para que isso se torne aparente.

7. Eles reagem rapidamente em uma crise?

Em uma crise, seu principal ponto de contato será o departamento de suporte ao cliente. Você deve ser capaz de entrar em contato com o departamento de suporte ao cliente 24 horas por dia, 7 dias por semana, e eles devem ser competentes no que fazem. Antes de escolher um provedor de hospedagem na web, você deve entrar em contato com a equipe de suporte ao cliente e fazer algumas perguntas para verificar se eles são competentes e responsivos.

O suporte ao cliente é uma grande parte da navegação em possíveis problemas de confiabilidade.

Conclusão - Escolhendo o provedor de hospedagem na web correto

A escolha do provedor de hospedagem na web correto deve ser uma prioridade. É a base de sua presença online, e errar pode ser devastador para sua empresa. Faça essas sete perguntas todas as vezes e você encontrará um provedor de hospedagem na Web que faz o melhor por você.

Crédito da foto em destaque: Pexels / Startup Stock Photos via pexels.com